Criação com apego - Você sabe o que é?

Hoje em dia ouvimos muito se falar sobre a criação com apego e também sobre alegações infundadas de quem não conhece a fundo esse tipo de criação e diz que quem opta por ela esta acostumando mal os filhos.
Criar com apego é se preparar física e psicologicamente para a maternidade/paternidade e isso já começa desde a gestação, onde os pais buscam se informar sobre todos os tipo de procedimentos que a gestante terá que se submeter e optam pelo que melhor atende a mãe e principalmente o bebê. E depois do nascimento essa busca por oferecer o melhor continua.


Sim, criação com apego é deixar o filho mamar em livre demanda. Sim, criação com apego é pegar muito o bebê no colo, e continuar oferecendo esse colo a ele pelo resto da vida. Sim, criar com apego é optar pela cama compartilhada!
Mas acredite, criação com apego vai alem de tudo isso, é entender e principalmente compreender, não somente a situação, mas o seu filho! É sentar, conversar, analisar e procurar compreender a fase que ele esta passando e mostrar a ele que independente de qualquer coisa você esta ali, cuidando e protegendo.
Criar com apego é tao polemico pois é lutar contra o sistema e  sociedade antiquada e patriarcal que impôs e impõe a anos formas de como criar nossos filhos e culpa e condena quem pise fora desse quadrado.
Quem disse que deixar um bebe de dias ou meses chorando de fome é normal, só porque não é a hora pré-determinada por terceiros dele mamar?
Quem procura compreender essa criação sabe que ela também exige que as mães e pais digam não! Mas apenas quando ele se faz realmente necessário, quando fortalece a criança e a estimula a se desenvolver, mas o não, jamais, é usado como punição ou forma de esquiva dos pais, quando estão cansados ou ocupados demais. Ser esse tipo de mãe, requer dizer não a TV ligada o dia todo, mas com isso ela entende que terá que se dispor a brincar mais com o filho, abdicando de momentos sozinha que ela teria, caso a cria estivesse plantada em frente ao aparelho. Criar com apego é entender que o filho precisa mais de sua atenção do que qualquer coisa que você possa comprar.


Bom, acho que agora ficou claro qual a real função e intenção dessa criação com apego e como ela é benéfica para a mãe, para o bebê e para a sociedade em geral.

Espero que tenham gostado.

Beijokas

36 comentários:

  1. Amei o post .. e aqui faço sim "Criação com Apego" ... e não me arrependo ...

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Muito bom! Parabéns pelo post.
    bjs.
    www.rotinafeminina.com

    ResponderExcluir
  3. Ótimo post, acho a criação com apego em algumas coisas muito boa, mas em outras não concordo. Mas é isso, cada um cria o filho como quiser, como se sente melhor e como se encaixa melhor com a sua família né!

    Bjs
    www.dicasdagi.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, tudo tem os pontos positivos e negativos, o importante é a mãe e o filho estarem de acordo e felizes!
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  4. Sou muito apegada ao meu filho, ele é a coisa mais bela que aconteceu na minha vida, curto mesmo, brinco, levo pra passear, compartilhamos cama com ele por muito tempo, já que ele nasceu prematuro e requeria muitos cuidados, faço tudo que eu puder por ele e sempre será assim, queria que o mundo fosse assim, pois na minha profissão vejo cada coisa que se todas as mães fossem mãezonas o mundo seria bem melhor! bjs adorei o post.
    http://patriciacharleaux.blogspot.com.br/2014/08/missao-cineminha.html

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom, seu filho com certeza sabe o quanto é amado!
      Verdade, eu também vejo tanta coisa triste por ai!
      Beijos

      Excluir
  5. Nossa eu sou muito apegada com meu filho, ele dorme comigo e meu marido quando está frio, vivo com ele no colo, ah n consigo mais viver sem ele. Ótimo post. Bjss
    www.blogdemaepramamaes.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana, Daiane! Eu sou super a favor disso!
      Obrigada pela visita!
      Beijos

      Excluir
  6. com certeza amo ser mãe apegada rs
    e tudo com seu limite digo não
    quando é preciso e tudo no limite

    Lindo Dia
    beijokas da Nanda

    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, mas fala a verdade, não há coisa melhor né?
      Amo esse apego!
      Beijos

      Excluir
  7. Ja fui uma mãe muito apegada, mas depois da separação, meu filho (não sei se é da minha cabeça), mesmo sendo um bebê se afastou de mim, ele não gosta de muitos beijos e abraços (de ninguém!) e quando vê o pai, fica doido, não sente saudades quando vai pra casa do pai porque quando volta, fica olhando pra eles como se quisesse voltar.. Me sinto mal por isso :( tentei muito, tentei cama compartilhada queria deixa-lo mais proximo de mim, mas acho que ele não quer rs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, querida? Acho que é por conta da separação, a cabecinha deles fica perdidinha!
      Espero que melhore!
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  8. Amei seu post amiga e eu sou mãe com apego e amo ser assim apesar de umas pessoas julgar mal.
    Beijos
    Adri

    ResponderExcluir
  9. Janis lindona aqui em casa também é criação com apego, mamada a livre demanda , principalmente nos finais de semana que estou 24 com meu príncipe . beijos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana! Adorei!
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  10. Ótima abordagem, criação com apego não é um bicho de 7 cabeças, mas infelizmente muitas vezes é difícil, ainda mais nas fases das birras e pirraças
    Aninhar ao colo e dar atenção e proteção é bom demais, bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, a melhor coisa é ter paciência e certeza do que você quer e como quer fazer!
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir
  11. Se sabe Janis que um dia entrei numa discussão com a Dra. Elizabeth Monteiro sobre o lance da cama compartilhada. Ela falava num post que muitas mulheres usam os filhos na cama para afastar o contato com o marido...eu repliquei que a cama compartilhada não é o problema e sim a mulher e o casamento dela que talvez já estivesse falido.
    Ao contrário do que muitos imaginam criação com apego não faz a criança ficar mimada pelo contrário da confiança, incentiva a autonomia ...criança mimada é criança incompreendida que precisa deste subterfugio para ser vista por quem ama.
    A amamentação sem horário, foi a melhor experiência que vivi, foi intenso e uma troca de amor sem igual, sem restrições...amor não tem horário não é?
    Em relação aos casais que tem medo da cama compartilhada por tirar a privacidade do casal... só posso dizer como a propaganda da OLX rsrrs que casal sem graça kkkk
    Desculpe os que não concordam, mas antes de casar faz sexo e qq lugar depois que o bb nasce é só no quarto do casal que isso acontece?
    Isso vai acontecer quando estiverem maiores e mais curiosos ai sim o quarto do casal será o lugar mais propício né rsrrs
    Bjs
    Temos que aproveitar

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Nossa, que comentário bacana! Super concordo, acho que essa prática só agrega a família e ao desenvolvimento da criança!
      E quanto ao sexo, com certeza, ter que fazer em outros lugares deveria pimentar ainda mais a relação né?
      Beijos

      Excluir
  12. Que belo post amigaaa... pq prova que cada uma tem sua opinião e temos que respeitar todas né?!
    Eu nunca gostei da cama compartilhada .. não por conta de sexo .. e sim por não querer machucar a luma já que me mexo muito e ela tb e consequentemente nao dormir direito e estar morta no dia seguinte ... e ela sempre ficou e fica muito bem no seu cantinho ... então se depender disso ter criação com apego não tenho ... porém temos outros momentos de ficarmos grudadas ... agora estar atenta pra tudo e toda forma melhor de cuidar e educar é ter criação com apego . . então eu tenho ... acho que esse é um dos assuntos que não tem fim ... pois cada um pensa de um jeito e tem sua opinião .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bacana sua opinião, amiga! Com certeza você é uma super adepta a criação com apego, vejo o carinho e cuidado que tem com a Luma! Criar com apego também é delimitar espaços e no seu caso a cama!
      Beijos

      Excluir
  13. ótimo amiga
    è você sempre dar atenção e quando precisar dizer o não na hora certa
    Dar carinho e amor é tudo que eles precisam
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Esse sim é um assunto que gera diversas opiniões, eu por exemplo mudei muito meus conceitos e posições depois que o segundo filho nasceu, aqui tem criação com apego já que passo todo o dia em casa com ele grudado em mim, mamando de tempo em tempo e pra dormir tem que ser comigo do lado e nada disso me incomoda... claro que as vezes tento faze-lo ficar mais independente mas ainda não é a hora dele de desapegar, então deixo. Já com a menina as coisas foram diferentes e por conta disso ela é mais independente de mim embora tenhamos momentos juntas e dialogamos bastante. Super post!!
    Beijinhos!! Carlah Ventura - Intensa Vida

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Bacana, Carlah! Seu filho com certeza vai se desenvolver mais seguro, com a certeza que sempre poderá contar contigo!
      Obrigada pelo carinho e pela visita!
      Beijos

      Excluir
  15. Me senti realizada lendo seu post, a gente lê tanta coisa por aí...eu crio sim com apego,do primeiro ao segundo bebe...estou a 3 anos em casa com eles, porque não quero que a pequena passe o que o primeiro passou na escola,mesmo sendo paga, ela tem dois anos e meio,mas ainda dou mama pra ela com muito amor, o primeiro dormiu no meu cantinho até dois anos, depois quis ir pra caminha dele, a segunda tem dois anos e meio,mas como é muito piquitucha, eu e o pai optamos por ela ficar com a gente na cama até os 3 anos....crio com apego sim,com muito orgulho, e sei que isso me trará grandes resultados no futuro e resultados felizes pra eles também.
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que máximo, Simeia! Fico feliz de saber que gostou! Com certeza os resultados serão ótimos!
      Obrigada pelo carinho!
      Beijos

      Excluir
  16. Sou super adepta a criação com apego e a disciplina positiva, pois creio que onde há amor e carinho o respeito e a educação fluem com mais naturalidade!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom saber, Ramonnielly! Eu também acho que tem que ter uma boa dose dos dois!
      Beijos

      Excluir
  17. Eu crio com apego sim ainda mais que só tenho 1.
    beijo

    ResponderExcluir
  18. Olha eu super crio com muito amor e carinho. O apego acho que ajuda muito,sou totalmente a favor. Bjs
    Vivi e Isaac

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Viviane!
      Beijos e obrigada pela visita!

      Excluir

Que bom que você nos visitou!
Deixe seu comentário, ele é muito importante :)
Beijos
Dedicação de Mãe