Bebês, crianças e felinos, pode?

Nem sempre a convivência entre bebês, crianças e gatos é vista com bom olhos. Por sua fama de ser menos afetivo, é normal que os pais evitem o contato entre eles e as crianças, com medo que elas possam se magoar com a reação não tão entusiasmada deles. Esse comportamento as vezes é levado ao extremo e resulta no abandono do animal. 
O gato possui unhas afiadas e dentes afiados e depois de adultos gostam de ficar preguiçosamente deitados por longos períodos, porém, nem tudo está perdido, com os cuidados certos e uma dose de amor e carinho, eles podem se tornar grandes amigos.
Em casa temos um gatinho, o Banguela.

Quando a Lara pediu um animal de estimação, nossa cadela ficou na casa da minha mãe quando nos mudamos para um apartamento, nós pensamos inicialmente em um peixe, porém ele não teria a interação que a Lara queria e sentia falta, não queríamos um outro cachorro, pois sabemos das necessidades deles de espaço para brincar e por isso começamos a cogitar um gato, como a maioria das pessoas, nós também quase desistimos por pensar que ele seria como ter um peixe, pois a fama dele nos fazia acreditar que não haveria a tal da interação que buscávamos para a Lara e seu animal, mas eu como uma boa curiosa, comecei a pesquisar e vi que se estimulados desde pequenos eles podem sim se tornar muito afetivos e até interagir com as crianças, respeitando seus limites, obviamente.
Porém, nos deparamos com mais um problema, estamos planejando uma nova gravidez e o gato é o hospedeiro do vírus da toxoplasmose, que é muito perigosa para a gestante, pois se ela contrai a doença pode levar o bebê a cegueira e outras complicações, veja mais aqui, porém mais uma vez entrei em ação nas minhas pesquisas e descobri que o gato transmite o vírus em alguns períodos durante sua vida e que a gestante o contrai apenas se entrar em contato com a fezes contaminadas ou frutas, verduras e legumes que estejam contaminadas, por isso a importância de higienizar corretamente os alimentos que serão consumidos pela família, mas voltando a nossa escolha, decidimos finalmente pelo gatinho, ai decidimos que não iriamos comprar, mas sim adotar, pois assim beneficiaríamos a nossa Lara que queria muito um animalzinho e também ajudaríamos um gatinho sem lar uhuuuu \o/
Na ONG que escolhemos, as opções eram enormes, tinha gatinho de todos os tipos, tamanhos e cores, optamos pelo mais quietinho, pois quando olhei para ele eu senti o medo que ele estava sentindo...foi de cortar o coração, descobrimos depois que onde ele vivia antes de ser resgatado ele sofria agressões diárias e por isso ele era bem receoso, isso com apenas 1 mês de vida! 
O levamos e mesmo no meu colo ele estremecia a cada chacoalhar do carro, o trabalho em casa foi difícil no começo, ele fugia e chegou a se esconder no motor da geladeira - quase infartei - mas aos poucos ele foi se adaptando e principalmente com o carinho e paciência da Lara ele foi se soltando e hoje convive perfeitamente conosco, é meu filho mais novo e o xodó da nossa família, porém ele ainda tem sequelas de todo sofrimento que passou e permite somente a nossa presença, quando recebemos visita em casa ele logo se esconde e fica todo agitado.

Bom essa é a história do nosso felino e de como com amor e carinho é possível manter a convivência de felinos e crianças tranquilamente, claro que as vezes acontecem uns arranhões, mas é como acontece com a gente, mas em vez de palavras ele usa as unhas rs


Espero que tenham gostado e que ajude quem está na dúvida.


Beijos




34 comentários:

  1. Que lindo!!!
    Realmente para as grávidas é ruim mesmo
    Mas tem que ter cuidado
    As crianças já gostam desses felinos
    Bjus
    http://segredosdaluma.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, Leteia, nesse casa a higiene é fundamental!
      Beijos

      Excluir
  2. Oi Janis, adorei seu post.
    Nao podemos mesmo, abandonar os animais por causa da chegada dos filhos...
    Apesar de serem animais, tem sentimento, sofrem com o abandono dos donos, mesmo que inconsciente...
    Muito fofo seu gato.
    Acho que o problema maior com os animais, ou os gatos em especifico, são os pelos que se espalham pela casa, mas de resto, acho esse convívio perfeito e sadio para a criança.
    Que bom que sua filha Lara ficou feliz e aos poucos conquistou "o amor e confiança" do Banguela...rs
    Beijinhos,
    Ju.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Juliana! Que bom que gostou!
      Com certeza, abandonar é muita crueldade!
      Ele é uma graça né rsrs
      Sim, hoje eles são inseparáveis!!!
      Obrigada pelo carinho!
      Beijos

      Excluir
  3. Adorei o post .. aqui gato não temos em casa, mas o Gui adora, e vive fazendo amizades na rua rs, mas temos cachorra, passarinho e peixes ...

    Beijos Mi Gobbato
    http://espacodasmamaes.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, o bom é ter os amigos bichos sempre perto né?
      Beijos

      Excluir
  4. Eu tb tenho gatos . .e minha sogra queria que eu jogasse fora .. fui na medica e conversei sobre e vi o que podia e não .. hoje convivemos muito bem e a Luma ama a duda e a clara tb .. rsrs .. bjs

    Roberta Aquino
    Diário de uma Princesa

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que bom que você procurou se informar, amiga!
      Imagino o amor delas!
      Beijos

      Excluir
  5. Aqui preferi não ter animais, mas adoramos! Acho que a convivencia é ótima!
    Bjos
    Tatty Nunes - Mãe de Primeira Viagem

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ahhh legal, Tatty, melhor preferir não ter do que ter e abandonar né?
      Beijos

      Excluir
  6. Que lindo!!
    Mas na gravidez é complicado né, ja tenho uma cachorra e fico com medo, imagine um gato rs..
    Mas só manter a higiene né ( na minha cachorra) , e evitar contato ( no caso do gato ).
    Mas não tenho no momento, acho que depois de ganhar o bb, dps de um bom tempo, ai eu compro um gatinho dnv, o que eu tive envenenaram ;/ da uma raiva de gente assim né.
    http://gravidaaos40anos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Verdade, o melhor é a higiene! Mas ter esses lindos animais em casa é bom demais!!!
      Beijos

      Excluir
  7. Ai que gatinho lindooooo
    Pode sim!
    bjcas
    http://estou-crescendo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. eu acredito que todo o cuidado deve sim ser tomado
    mais já vi muitos laços de amizade entre os bebês e os gatos
    depende muito da criação do animal

    Nanda
    beijokas
    Linda Noite
    Mamãe de Duas
    Google+Nanda

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Com certeza, Nanda!
      Obrigada pela visita, beijos!

      Excluir
  9. É muito fofo, mas não gosto de gatos so de cachorros; bjus

    ResponderExcluir
  10. Pode, pode, pode!
    É só ter os cuidados necessário não é mesmo ;)

    ResponderExcluir
  11. Lindo, eu amo gatos, tenho 3 gatinhas, e muito fofo. Eu desde de pequena tenho uma ligação com os gatos pois, nunca tive muitas amizades, e os gatinhos eram os meus amigos, tenho uma gata hoje de 8 anos que ela e muito apegada, a mim, e tenho outras duas de 5 meses e 1 ano e meio. Acho muito bom, a criança ter um bicho, pq ajuda a criança ter responsabilidade, cuidados, e uma amiguinho. bjos.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, o Banguela é bem assim com a Lara, o melhor amigo dela!
      Também acho legal a criança ter esse contato!
      Beijos

      Excluir
  12. Oiie amei seu blog estou te seguindo qria saber se pode me seguir http://isaribeirosilva.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. amooo gato tenho uma de 16 anos a amescra não deixo o Anthony ficar perto por enquanto pois e mt novinho por causa dos pelos mais quando tiver maiorzinho vou deixar pegar brincar sem machucar o bichinho bjs!ótimo post

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que legal, nossa quanto tempo né?
      Acho que o cuidado assim é fundamental, querida!
      Beijos

      Excluir
  14. Já tivemos um gatinho, mas ele saiu um dia e nunca mais voltou.
    Lindo seu gato.

    beijos

    ResponderExcluir
  15. Que lindo.... mas infelizmente aqui em casa não podemos ter bichinhos por enquanto,minha pequena tem alergia de pelos seja de gato ou cães.Quem sabe mais pra frente dou um bichinho a eles né?
    bjs

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sério, Simeia? A Lara tinha tbm, mas graças a Deus passou e agora ela convive bem com o Banguela!
      Beijos

      Excluir
  16. OI Janis, eu adoro animais, sempre tive desde pequena e sei com é importante e benéfico esse convívio. Aqui nós temos a Xina, nossa Pug, e já tivemos gato.
    Muito fofo o Banguela. Adoramos!
    beijos
    Chris
    http://inventandocomamamae.blogspot.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Olá, Chris! Com certeza, é bom demais! Que bacana vc ter a Xina! Obrigada, ele é uma graça né? rsrsrs
      Beijos

      Excluir
  17. Adorei!
    Lindo gatinho ^^ e que amor enh? (risos)
    Essa família é muito linda!

    Blog:http://meusdespropositos.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Sim, muito amor, Alyne!
      Obrigada, pelos elogios!
      Beijos

      Excluir

Que bom que você nos visitou!
Deixe seu comentário, ele é muito importante :)
Beijos
Dedicação de Mãe